sexta-feira, 28 de abril de 2017

ALERTA CLIMÁTICO

ALERTA para 2015
                                Um blog sobre a Alteração do clima da Terra
contato por @mail:
Twitter @pauloanibal
pauloanibal@yahoo.com.br
fone (11) 99679-2160
PAULO ANIBAL G. MESQUITA
Biólogo
(foto: fenômeno Catarina-1° "furacão" no Brasil em 2004/Parte inicial do artigo de Paulo Aníbal G. Mesquita) na revista
O risco de uma catástrofe climática é algo real
 Completa 11 anos o 1° furacão Brasileiro - Catarina
O filme “O Dia Depois de Amanhã” foi um grande sucesso do cinema, mas infelizmente não é apenas uma mera ficção, onde seus efeitos especiais retratam uma terrível possibilidade para os habitantes deste mundo devido á agressão que o ser humano vem fazendo à atmosfera terrestre e aos ecossistemas, principalmente pela emissão de poluentes e a queima de combustíveis fósseis, causando o aquecimento global. Numa interferência sem precedentes nos ambientes naturais do planeta, o homem poderá ocasionar um grande GGE – Evento Geofísico Global, como mostra no filme, podendo provocar à morte de centenas de milhares de pessoas – um verdadeiro “apocalipse” causado pelo o homem. Estamos nos primeiros anos no século XXI e podemos evidenciar à drástica alteração climática do planeta pelos os mais recentes acontecimentos climáticos em diversas regiões da Terra, mesmo em áreas consideradas seguras - por exemplo:
O “Fenômeno Catarina”(na foto acima), que atingiu a costa sul do Brasil há 10 anos, em 27 de Março de 2004, com ventos de aproximadamente 200km/h – considerado o 1° furação do atlântico sul, apesar de ele ter “nascido” como um ciclone extratropical, ou seja, os ventos possuem à mesma rotação ao longo do redemoinho e seu núcleo (“olho”) é frio, porém, com o passar do tempo a rotação dos ventos na sua superfície apresentavam sentido oposto ao das camadas mais altas e seu "olho" com temperatura mais elevadas (típico do furação) – este fenômeno causou à morte de 5 pessoas e prejuízos materiais da ordem de 1 bilhão de reais.